sexta-feira, 30 de abril de 2010


Os pingos da chuva sonoramente me acompanham...
parecem marcapassos de passos não dados.
Agora não estou andando...
permaneço aqui, entre o ser ou não ser!
Estranho pensar que essa questão é tão inútil,
fútil aos clamores do tempo!
Deveras não importa,

nesse momento estou sentindo o peso da juventude!

É um grande fardo carregar essa tal "imaturidade",
que o próprio nome é inconstante...
inconsistente!

Inveja tenho das mulheres de trinta!


(O lado bom é saber que pelo menos algumas invejam meus "seios")
Eh...

2 comentários:

  1. eu ri da historia dos seios.
    tudo verdade, tudo!

    ResponderExcluir
  2. rsrs... Que figura, viu? Só rindo.. rs...

    Beijos, B.

    ResponderExcluir